Conheçam os grandes vencedores do 5° Curta Coremas:

MOSTRA PANORAMA BRASIL

MELHOR ROTEIRO: Rosana Urbes, Breno Castro e Thiago Minamisawa, por “Guida”;
MELHOR DIREÇÃO: Neco Tabosa, por “João Heleno dos Britos”;
MELHOR FOTOGRAFIA: Cauê Laratta e Quico Meirelles, por “Preto ou Branco”;
MELHOR SOM: Fábio Gabardo, por “A Pequena Vendedora de Fósforos”;
MELHOR DIREÇÃO DE ARTE: Dicesar Leonardo, por “O Segredo da Família Urso”;
MELHOR ATOR: Sérgio Mastro, de “Preto ou Branco”;
MELHOR ATRIZ: Fernanda Chicolet, de “Colostro”;
MENÇÃO HONROSA - MONTAGEM: Alisson Zago e Chico Meirelles do filme “Preto ou Branco”;
MELHOR FILME DE FICÇÃO: “O Segredo da Família Urso”, de Cíntia Domit Bittar;
MELHOR FILME DOCUMENTÁRIO: “Sêo Inácio”, de Helio Ronyvon;
MELHOR FILME (JÚRI POPULAR): “O Segredo da Família Urso”, de Cintia Domit Bittar.

MOSTRA RIO TURBINAS DE FILMES CURTÍSSIMOS

MELHOR FILME CURTÍSSIMO: “Essa Moça tá Diferente”, de Rafael Jardim;
MELHOR FILME (JÚRI POPULAR): “Essa Moça tá Diferente”, de Rafael Jardim.

MOSTRA MÃE D'ÁGUA DE FILMES PARAIBANOS

MELHOR ROTEIRO: “Malha”, de Paulo Roberto;
MELHOR DIREÇÃO: Erik Medeiros, de “Prisão das Almas”;
MELHOR MONTAGEM: Marcelo Coutinho, por “Malha”;
MELHOR FOTOGRAFIA: Carlos Ebert, por “Contínuo”;
MELHOR SOM: Gian Orsini, por “Malha";
MELHOR DIREÇÃO DE ARTE: Carlos Mosca, por “Metade”;
MELHOR ATOR: Odécio Antonio, por “Contínuo”;
MELHOR ATRIZ: Joana Marques, por “Metade”;
MELHOR FILME DE FICÇÃO: “Contínuo”, de Odécio Antônio”;
MELHOR FILME DOCUMENTÁRIO: “Malha”, de Paulo Roberto;
MENÇÃO HONROSA: Para o The Best Bloody Fight, “No Rastro da Espoleta 3” de Vinícius e Bonerges Guedes, pela inovação de linguagem e criação do Macaxeira Western;
MENÇÃO HONROSA: Melhor atuação em grupo e pelo jogo de cena que ultrapassa o filme para “Malha”, de Paulo Roberto;
MELHOR FILME (JÚRI POPULAR) - “No Rastro da Espoleta 3”, de Vinicius Guedes e Bonerges Guedes.
***
Quem fez intervenções durante a cerimônia de premiação do festival foi a DJ KYLT, que garantiu uma energia das boas durante toda noite. Foi incrível.